badge

A Pitoquinha

gosto tanto de ti que nem sei

25.3.06

o bom filho à casa torna

A pitoca está farta de dormir fora. Ora é a casa da avó A., ora na prima S., ora na avó M., ora na Tininha.
Se bem que ultimamente não tem dormido fora de casa, com excepção da casa da prima S. porque tem lá o primo D.
Ora bem, estava tudo programado para ir dormir hoje a casa da avó A., ela acordou de manhã toda excitada, quando chegou da escolinha fez uma birra porque não queria ir para casa mas sim para a casa da avó. Só descansou quando lhe disse que só íamos buscar as roupas para amanhã e o pijama para dormir. Portanto ela sabia ao que ía.
Já em casa, toda contente enquanto eu preparava as coisas dela (o que por acaso levanta outra questão: porque é que uma pimpolha de quase 3 anos, para passar uma noite e um dia em casa da avó, precisa de uma mala do tamanho da que eu preciso para ir 2 semanas inteiras para férias com direito a ir jantar fora algumas noites?), ela preparava também a mala cor-de-rosa, os óculos de sol, o anel, E MAIS, o dia de amanhã! muito importante ligar ao tio R. para levar lá para casa da avó uma das pikuchas para ir brincar com ela.

Fita em casa, porque se queria ir embora e não queria jantar. O.K.
Não tirava o gorro da cabeça. O.K.
Vai lá embora com ela papis. Leva a miúda prá avó.
Iupi! Hurra! Viva! Lá foi ela toda contente.

tantantanta tantantan taram...... (isto é o meu telemóvel a tocar às 22h48m)
papis: "Sim? então?"
avó: "temos um problema..."
papis: "então?"
filha: "eu q u e r o i r p a r a c a s a" (está escrito assim para terem uma pequena ideia dos soluços, choro)
mãe: "filhaaaa... então não queres ficar na casa da avó?"
filha: "eu quero ir para casa"
mãe: "não chores mais, a mãe e o pai vão já buscar-te" (lágrimas na mãe)

. . . . . . . . . . . . . . . . . . (silêncio em casa)

Pronto.
Está tão linda a dormir na caminha dela...

1 Comments:

At 11:58 da manhã, Anonymous Senisga said...

Pois eu acho que de certeza que a avó A. deve ter ficado muito triste. Um dia o Fquinho quis ir dormir comigo para os pais, a (S. e o F.) irem a um jantar. Estava todo entusiasmado e lá fomos de mochila às costas, e eis que, quando chega a hora de dormir...
Eu - "S..., olha, o F. Não quer dormir cá, está farto de chorar..."
S. - "HUm.... mas agora estamos no jantar não o podemos ir buscar já...."
Eu - "Então quando saírem..."
Eu toda contente a pensar que ia proporcionar ao Fquinho uma noitada de histórias, cheia de doces.... e convencê-lo????

 

Enviar um comentário

<< Home

Estou no Blog.com.pt