badge

A Pitoquinha

gosto tanto de ti que nem sei

20.5.06

As nossas conversas

Eu: Esta casa devia era ser nossa. (ao passarmos ao pé de uma moradia espectacular)
Ela: Nossa e do papá.
Continuamos.
Eu: Bem!!! Esta casa é que devia ser nossa, esta mesmo.
Continuamos.
Eu: Não, não. Esta é que devia ser nossa, olha-me este jardim, dava para ter um parque e uma piscinona.
Ela: Ó mãe, queres todas?

Continuamos pela estrada fora e ficamos paradissimas nos semáforos.
Ela: Mãe, porque é que não andas?
Eu: Está tudo parado.
Ela: Ah! E porque é que vieste por este caminho?
Eu: Olhga porque eu pensei que era mais rápido afinal esta gente não anda.
Ela: São uns totós é o que é.

Lá consigo chegar à rotunda.
Ela: A mãe conseguiu
A mãe é muito linda
E tem uma menina
Que chama joaninha
Isto a cantar.
Ela: Olha mãe, linda e joaninha! até parece palavras novas.
Eu: Não são palavras novas, é um verso que rima, mais ou menos.
Ela: Ah! pode ser, mas parece à mesma palavras novas.

Ela lá deve ter um significado para isso.

2 Comments:

At 8:04 da tarde, Blogger Xixas said...

Continua um docinho... :)

Bjs.

 
At 11:13 da manhã, Blogger penduraocalhas said...

Adora as vossas conversas.Mas sinto-me uma cusca pq qnd vou visitar o teu blog já vou a pensar o quê q vocês têm feito ou dito.beijocas da Tânia

 

Enviar um comentário

<< Home

Estou no Blog.com.pt