badge

A Pitoquinha

gosto tanto de ti que nem sei

7.6.06

A escola

Em setembro começa uma nova etapa na vida da Pitoca.
Vai para a "Escola Nova".
Foi muito complicado, dificil, encontrar uma escola que me agradasse.
Quando a Pitoca nasceu ficou em casa com a Avó A.
As 17 meses foi para a Creche. Foi fácil, não procurei muito, nem me preocupei muito.
Vi 1, mas cheirava mal.
Vi 2, mas não tinha verde.
Vi 3, era minuscula.
Vi umas quantas, sem grande preocupação porque havia de aparecer qualquer coisa, ela estava na casa da avó, havia de aparecer. Havia tempo.
Encontrei a creche, nova a estrear, ao cimo da nossa rua, tudo fantástico.
No dia da inscrição houve birra. Não é o que se pensa, ela não queria vir embora.
No 1º dia que foi para a escolinha, foi muito contente, entrou e estavam lá 2 meninos (só), tirei fotografias, ela começou a brincar, disse-me adeus, resumindo: vai-te embora que eu fico aqui a brincar.
Fui embora, com a lágrima no olho, a pensar que ela preferia ficar na escola, mas a pensar também que quando visse que eu não estava iria chorar muito. Fiz as recomendações normais de mãe "ela não come nada, é preciso muita paciência, não gosta de musica alta, nem de barulhos muito fortes assusta-se e chora, se ela chorar ligue-me que eu venho logo, mesmo que seja daqui a 5 minutos, eu vou estar aqui em baixo, em casa".
Pois é, não me ligaram. Fui buscá-la às 16h, com o coração nas mãos, porque antes disso era muito cedo por causa dos lanches.
A sala dela tinha: 4 meninos e 1 menina (ela). Só atenção e mimo, se é que me entendem.
Estava ansiosa por novidades.
Ela nunca chorou durante o dia. Comeu bem, esparguete à bolonhesa, comeu o prato dela (sozinha) e ainda foi "roubar" massa do prato do Tiago.
Viu-me, abraçou-me e foi-se embora novamente. Mau!
No dia seguinte fomos novamente para a escola, mas eu pensei que não iria ser tão fácil, ela nesse dia já sabia ao que ía. Decidi que se chorasse vinha embora, eu não seria capaz de a deixar na escola a chorar. Estava decidido. Antes mesmo que isso acontecesse já eu estava a pensar que era melhor nem ir, ela ía chorar.
Chegou à porta do colégio e ficou muito contente. Mau 2x!
Já sabia ao que ía e não chorava? Como é?
Pois é verdade. Nunca chorou.
Já teve os seu momentos de birra, uma vez ou outra não quer ficar, chora agarrada a mim porque quer mimo, mas entra e fica bem, nunca mais se lembra.
Claro que a boa adaptação deveu-se muito ao facto de ela estar habituada a ver muitas pessoas, de ficar muitas vezes em casa das avós, tias, primas, ir ao café, ao shopping, enfim, conviver. Digo eu. Também havia poucas crianças, 5, e tinha atenção para ela, mas os outros também tinham a mesma atenção e um dos coleguinhas chorava de manhã à noite.
Agora tive que procurar outra escola porque a creche é só até aos 3 anos.
Comparava com a "escola velha" e nada me servia.
Fui visitar um colégio da segurança social que as salas para 20 e tal crianças deviam ter 15 m2, janelas minúsculas, má iluminação, sem aquecimento. A "sala" de pintura tinha uma mesa redonda para 4 crianças e uma lampada (não é candeeiro) a iluminar, aquilo é que devem ficar uns trabalhidos jeitosos, uma coisa doentia, senti-me muito mal e tenho andado a pensar em fazer uma doação no inverno de aquecedores.
Depois de muito procurar, e estava já a optar por uma coisa qualquer, porque ou não havia vagas ou o preço era impróprio para consumo, lá descobri a "escola nova".
Foi paixão, amor à primeira vista.
Antes mesmo de fazer a visita pela escola, pedi para fazer a inscrição, "já que aqui estou, não vá durante a minha visita pelas instalações aparecer mais mães e eu perco a vaga", o senhor da secretaria olhou para mim, acho que a pensar que eu não era boa da cabeça "não se preocupe que vamos abrir mais uma sala e ainda só tem 7 inscrições". Nã,nã,nã, eu vou depois. Inscrevi, e fui visitar a escola. Confirmei tudo. A criança já não se queria vir embora. No dia seguinte de manhã já não queria ir para a "escola velha".
Tou muito contente com a nossa escolha. Espero não ter nenhuma desilusão.

5 Comments:

At 12:23 da tarde, Anonymous Cláudia said...

Tb já andei a ver a escolinha pa bé ir em setembro e tb achei e gostei.
Nós somos sempre, hum, assim, demasiado mimadas, e nos 1ºs dias q a bé foi para a ama era eu que ficava a chorar e não ela.
depois começou a ser o contrário, e agora habitualmente já nenhuma chora.
Mas com certeza que vai correr tudo bem e ela vai adorar e tu tb.
Jinhus,
Cláu

 
At 2:13 da tarde, Blogger Marlene said...

ainda bem que vai tudo correr bem na escolhinha! Acho que ado for a Matilde, também quem vai chorar sou eu e não ela...

 
At 2:52 da tarde, Anonymous carla m. said...

Eu qdo as vezes ia buscar a minha sobrinha a ama, avisava a minha irma que a garota tinha que fazer uma festa qdo me visse, porque houve uma altura em que chegava lá e ela ignorava me, e eu não achava a minima piada aquilo!
Espero k ela na proxima escola se de tão bem como na 1ª, na verdade acho que eles se dao sempre melhor, que os pais, pelo menos nesta fase em que inda são muito pequeninos.

 
At 2:57 da tarde, Blogger Sorrisos da minha Alma said...

Espero que sim,porque é fundamental que mais que nós eles gostem da escolinha. Afinal é a segunda casa deles.

Vai tudo correr bem

Beijocas

 
At 10:56 da manhã, Blogger Piquinota said...

E vai correr tudo bem, vais ver!!:)


Jinhos

 

Enviar um comentário

<< Home

Estou no Blog.com.pt